sexta-feira, 25 de maio de 2012

Agora olha essa:

 Você já sabia ?

Um pouco da História da Física.

A séculos atrás, ou quem sabe até milênios, o homem sempre buscou um conhecimento mais detalhado do que realmente acontece em sua volta. O comportamento de observação dos objetos, e suas particularidades, a análise feita dos movimentos realizados e fenômenos observados, puderam se solidificar e representar hoje algo na física.

Entender também fenômenos naturais, como por exemplo a chuva, trovões, raios, a ação de ventos, força de correnteza em nossos rios, quedas naturais levam a um grande questionamento dentro da física que de forma clara contribuiu para a formulação de novos conceitos. No início muitas teorias podem ter sido mal formuladas pelo homem, mas depois com o passar dos anos e auxilio de mecanismos não existentes no passado, ficava mais difícil para a elaboração de conceitos mais precisos. Nos tempos de hoje conseguimos visualizar perfeitamente com o auxilio de ferramentas tecnológicas que também curiosamente vieram de uma época milenar, e também sofreram adaptações com o passar dos tempos. Tudo que nos rodeia hoje também cabe mais em um espirito investigativo, com pensamentos filosóficos e formulações teóricas ligadas a física, mas ligados a materiais de grande auxilio e ferramentas que apesar de sofrer as adaptações com o passar dos anos sempre vem a somar.

Vários povos tiveram muita contribuição para o início da história da física, formulando conceitos e teoremas até hoje utilizados em seus respectivos estudos. Os gregos com seus conhecimentos modernos no início do estudo da física com suas “experiências grosseiras” de resultados não muito exatos. Lembremos de Arquimedes de Siracusa, um matemático que teve na hidrostática, tópico da física, que formulou um teorema com seu nome, o Príncipio de Arquimedes, mais conhecido como força de empuxo. Os persas tiveram uma importante contribuição, as colaborações vindas da índia, que hoje podemos observar claramente no estudo da física moderna.

A partir do século XII a física começou a ganhar força em pesquisas, e formulações teóricas, associada no início timidamente a matemática. Estendendo durante boa parte da Idade Média com novos conceitos e aplicações.
Nos séculos XVII em adiante a física pode ter dado um salto muito grande no que se trata de conceitualização e resultados e experimentos com mais recursos do que os até então conhecidos. Foi nessa época que Issac Newton publicou o Principia Matehematica, abordando tópicos como o de Mecânica clássicaGravitação universal.

Um grande conceito estudado hoje apareceu logo em seguida que é a Termodinâmica (século XVIII) por Robert Boyle e Thomas Young. No século seguinte o comportamento da eletricidade, conceitos famosos como a gaiola de Faraday foram aparecendo. O século XX foi o de revoluções na física que contribuem muito para uma análise mais elaborada de conceitos e teoremas formulados anteriormente além de novos temas, como o da física moderna.

Fonte: http://www.infoescola.com/curiosidades/um-pouco-da-historia-da-fisica/


                                                                                                          Mil e um beijos !!

Força-peso dos componentes do blog


Aluna
Mercúrio
Vênus
Terra
Marte
Júpiter
Saturno
Urano
Netuno
Plutão
Letícia Oliveira
166,635N
174,24N
450N
167,76N
1.166,85N
503,55N
405,05N
507,6N
_
Jady Pera-zo
199,962N
209,088N
540N
201,312N
1.400,22N
604,26N
486,54N
609,12N
_
Brena Emilla
151,823N
158,752N
410N
152,848N
1.063,13N
458,79N
369,41N
462,48N
_
Mari-na Assis
151,823N
158,75N
410N
152,848N
1.063,13N
458,79N
369,41N
462,48N
_
Maria-na Kalil
211,071N
220,74N
570N
212,496N
1425N
637,83N
513,57N
642,96N
_



OBS-Nesta postagem não incluímos Plutão devido ao fato dele ter sido rebaixado para planetoides, ou seja não é mais considerado um planeta.

Fontes:

Só pra descontrair !

Olhe a charge abaixo:



Concordo plena mente quem faz esse tipo de coisa:



Não é merecedor de nenhuma confiança.

sexta-feira, 18 de maio de 2012


Você já sabia: Perguntas interessantes

Essa semana proponho um DESAFIO. Os questionamentos abaixo não possuem resposta, que eu conheça, até o momento, no entanto como não duvido de nada neste mundo, quem souber responder qualquer um dos questionamentos sinta-se a vontade para postar em forma de comentário e depois a equipe do blog ira alisá-la e publicar-la. Só não se esqueça de colocar seu nome para poder receber o credito. 

*Como se escreve zero em algarismos romanos? 


 * Porque os Flintstones comemoravam o Natal se eles viviam numa época antes de Cristo?

 * Porque os filmes de batalhas espaciais têm explosões tão barulhentas, se o som não se propaga no vácuo?

 * Se depois do banho estamos limpos porque lavamos a toalha?

* Como é que a gente sabe que a carne de chester é de chester se nunca ninguém viu um chester? (você já viu um chester? )

* Porque quando aparece no computador a frase "Teclado NãoInstalado", o fabricante pede para apertar qualquer tecla?

* Se os homens são todos iguais, por que as mulheres escolhem tanto?

 * Porque a palavra "Grande" é menor do que a palavra"Pequeno"? 

*  Porque "Separado" se escreve tudo junto e "Tudo junto" se escreve separado?

 * Se o vinho é líquido, como pode existir vinho seco?

 * Porque as luas dos outros planetas têm nome, mas a nossa é chama-se só Lua?

* Porque quando ligamos para um número errado nunca dá ocupado?

 * Porquê as pessoas apertam o controle remoto com mais força, quando a pilha está fraca?

* O instituto que emite os certificados de qualidade ISO 9002, tem qualidade certificada por quem?

 * Quando inventaram o relógio, como sabiam que horas eram, para poder acertá-lo?

 * Se a ciência consegue desvendar até os mistérios do DNA, porque ninguém descobriu ainda a fórmula da Coca-Cola?

 *Como foi que a placa "É Proibido Pisar a Relva" foi lá colocada?

 * Porquê quando alguém nos pede que ajudemos a procurar um objeto perdido, temos a mania de perguntar: "Onde é que você?"?

 * Porque  há pessoas que acordam os outros para perguntar se estavam a dormir?

 * Se o Pato Donald não usa calças, porquê ele amarra uma toalha na cintura quando sai do banho?
                                                                                                           
                      
                                                                                                    Mil e um beijos!!     

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Descubra o que é a força peso

Quando subimos em uma balança , geralmente dizemos que estamos avaliando nosso peso,mas será que isso é realmente verdade?
 Para compreender o que é força peso devemos esclarecer certos detalhes como por exemplo a diferença ente massa e peso. Massa e a quantidade de inercia de um corpo e não varia com a mudança da força gravitacional enquanto peso é a força que você  esta aplicando em certo local e esta diretamente relacionada com a força gravitacional.
Força-peso é a atração gravitacional exercida pela terra tanto em objetos próximos quanto distantes a ela.
Trata-se do exemplo mais simples de força a distancia onde g é aceleração da gravidade e m a massa do objeto.
Essa força é variável,pois leva em consideração a posição do objeto.
                

Para ajudar a vocês à entenderem melhor vamos dar uma olhadinha nas tirinhas abaixo:

                  


Agora dê uma olhadinha nessa:
           
                   


Esta tirinha nos mostra que a força-peso mais conhecida como força gravitacional esta muito presente em nossas vidas.Vamos ver outra tirinha:



Entendeu agora o que é força peso coso não tente fazer que nem esse menino de azul abaixo:
                    



Pelo visto não é uma boa ideia!

fontes:
www.google.com.br/search?hl=pt-BR&q=tirinhas+e+quadrinhos+que+citam+a+força+peso&bav=on.2,or.r_gc.r_pw.r_qf.,cf.osb&biw=1366&bih=667&um=1&ie=UTF-8&tbm=isch&source=og&sa=N&tab=wi&ei=1PK0T4zyJJKc8gSFz-3VDw#um=1
http://www.sofisica.com.br/conteudos/Mecanica/Dinamica/fp.php

sexta-feira, 11 de maio de 2012

Depoimento - Sustentabilidade

video


Você já sabia:Viagens no tempo   

Sempre imaginei como seria viajar no tempo, conhecer o passado e o futuro, tirar minhas duvidas sobre a história e quem sabe até conserta pequenos erros passados e futuros, afinal quem não erra? Bom, mas a questão é que esse tema não despertou apenas a minha curiosidade, e sim de milhares de pessoas, e a prova é a enorme quantidade de livros, filmes e series com esse tema. Mas acontece que de algum modo, somos todos viajantes do tempo, porque enquanto estou digitando o tempo está passando e ao termina cada palavra dessa  postagem meu presente se tornara meu passado, isso ocorre devido ao fato do futuro está em constantemente transformação provocando o meu deslocamento no tempo. Quando Albert Einstein lançou a sua teoria da relatividade especial, ele estabeleceu os fundamentos da possibilidade teórica de viajar no tempo. Mas ninguém conseguiu fazer uma viagem no tempo, nem excluir essa possibilidade.     

Acredita-se que uma forma de viajar no tempo seria por meio de um buraco negro chamado buraco de Kerr. Esse buraco seria rotativo, com isso poderia ser usado como um portal para viajar no tempo ou para viajar a universos paralelos. Se o buraco de Kerr existir, talvez seja possível atravessá-lo e sair num buraco "branco". Um buraco branco teria função inversa à do buraco negro. Portanto, em vez de atrair tudo que estiver ao alcance de sua força gravitacional para dentro de si, ele usaria algum tipo de matéria com energia negativa para empurrar tudo para fora e para longe de si. Este buraco branco seria a nossa maneira de entrar em outras épocas ou em outros mundos. No entanto, segundo o físico Kip Thorne, do Instituto de Tecnologia da Califórnia, as leis da física impedem a formação do buraco de Kerr, porque não há como entrar e sair de um buraco negro e que qualquer coisa que tente entrar lá será engolida e destruída antes mesmo de chegar à singularidade.      



Outra forma de viajar no tempo segundo Thorne era por meio do buraco de minhoca, também chamados de ponte de Einstein-Rosen, ele tem maior potencial para viagens no tempo, se ele de fato existir. Ele poderia não só permitir viagens no tempo como também viajar para muitos anos-luz da Terra em apenas uma fração da quantidade de tempo que seria necessária com os métodos convencionais de viagens espaciais. O buraco de minhoca é considerado possível com base na teoria da relatividade de Einstein, que diz que toda massa curva o espaço-tempo. Para entender esta curvatura, basta realizar a experiência com o lençol, que será postada no fim da postagem. Apos a experiência você vai perceber, imaginando, que o espaço é um plano bidimensional curvado,que o buraco de minhoca seriam formado por duas massas que aplicariam força suficiente no espaço-tempo para criar um túnel que conecta pontos distantes do universo. Se o buraco de minhoca puder ser descoberto, isto talvez permita que viajemos tanto para o passado como para o futuro.    

Uma outra teoria sobre como poderíamos viajar para frente e para trás no tempo usa uma idéia chamada cordas cósmicas, proposta pelo físico da Universidade de Princeton J. Richard Gott em 1991. São objetos em forma de corda que alguns cientistas acreditam terem se formado nos estágios iniciais do universo. Estas cordas podem cobrir toda a extensão do universo e estão sob imensa pressão: milhões e milhões de toneladas. Estas cordas cósmicas, que são mais finas do que um átomo, gerariam uma enorme quantidade de atração gravitacional sobre quaisquer objetos que passassem perto delas. Os objetos presos a uma corda cósmica poderiam viajar a velocidades incríveis e, já que a força gravitacional delas distorce o espaço-tempo, elas poderiam ser usadas em viagens no tempo. Aproximando duas cordas cósmicas, ou uma corda e um buraco negro, talvez fosse possível deformar o espaço-tempo o suficiente para criar curvas de tempo fechadas. No entanto, ainda há muita especulação sobre se estas cordas existem e, em caso afirmativo, qual forma teriam. O próprio Gott disse que, para voltar apenas um ano no tempo, seria preciso um laço de corda que contivesse metade da massa-energia de uma galáxia inteira. E, como com qualquer máquina do tempo, você não poderia voltar mais longe do que o ponto em que a máquina do tempo foi criada.



A teoria mais simples de viagem no tempo que sei até o momento, é se congelar em um bloco de gele e só ser descongelado pelas gerações futuras, mas é muito improvável e por favor não, de maneira alguma tentem, eu repito, não tentem se congelar em bloco de gelo, porque o mais provável é que você morra. Mas se algum dia pudermos desenvolver uma teoria realizável para viajar no tempo, abriríamos uma caixa de Pandora de problemas muito complicados chamados de paradoxos. Um paradoxo é definido como algo que se contradiz. Digamos que você pudesse voltar a um tempo anterior ao seu nascimento. O simples fato de você poder existir num tempo antes de você ter nascido cria um paradoxo. Se você nasceu em 1960, como poderia existir em 1955?

Talvez o paradoxo mais famoso seja o paradoxo do avô. O que aconteceria se um viajante do tempo voltasse e matasse um de seus ancestrais antes de seu próprio nascimento? Se a pessoa matou seu avô, como ela poderia estar viva para voltar e matá-lo? Se pudéssemos mudar o passado, isto criaria um número infinito de paradoxos.

Outra teoria a respeito da viagem no tempo traz a idéia de universos paralelos, ou histórias alternativas. Digamos que você de fato volte para encontrar seu avô quando ele era criança. Na teoria dos universos paralelos, você pode ter viajado para outro universo, um semelhante ao nosso, mas que tem uma sucessão de eventos diferentes. Por exemplo, se você voltasse no tempo e matasse um de seus ancestrais, teria matado aquela pessoa num universo que não é mais o universo em que você existe. E se então você tentar voltar para o seu próprio tempo, pode acabar em outro universo paralelo e nunca conseguir voltar para o universo em que começou. A idéia aqui é que toda ação causa a criação de um novo universo e que existe um número infinito de universos. Ao matar o seu ancestral, você criou um novo universo, um universo idêntico ao seu até o tempo em que você alterou a sucessão original de eventos.

Mesmo com todos esses ricos, assim como Pandora que abriu a caixa por curiosidade, vale a pena buscar um meio de viajar no tempo. Se você estiver confuso com as informações apresentadas acima, só tenho a dizer: Sejam bem-vindos ao mundo da viagem no tempo. Só imagine como serão complicados os preços das passagens.

Para mais informações sobre viagem no tempo procure um inventor ou invente seu meio.

Obs.: Este blog não se responsabiliza pelas pessoas insanas que resolverem se congelar, como o da imagem acima.
Muito mais que interessante: Os cientistas descobriram que mesmo na velocidade de uma nave espacial, os astronautas podem viajar alguns nanossegundos para o futuro. Para entender isto, imagine duas pessoas, um indivíduo A e um indivíduo B. O indivíduo A fica na Terra, enquanto o indivíduo B decola num foguete espacial. Na decolagem, seus relógios estão em perfeita sincronia. Quanto mais próximo da velocidade da luz viajar o foguete do indivíduo B, mais devagar passará o tempo para ele (em relação ao indivíduo A). Se o indivíduo B viajar durante poucas horas a 50% da velocidade da luz e retornar à Terra, ficará óbvio para ambos que o indivíduo A envelheceu bem mais rápido do que o indivíduo B. Esta diferença no envelhecimento se dá porque o tempo passou muito mais rápido para o indivíduo A do que para o indivíduo B, que estava viajando mais próximo da velocidade da luz. Muitos anos podem ter se passado para o indivíduo A, enquanto o indivíduo B experimentou um lapso de tempo de poucas horas. Aprenda mais sobre este paradoxo dos gêmeos.

Experiência:

Utilizando um lençol, pesa para duas pessoas o segurarem e o esticarem. Uma pessoas coloca uma bola de beisebol sobre o lençol, com o peso a bola rola para o meio do lençol, fazendo com que ele se curve naquele ponto. Depois, se uma bola de gude for colocada na beira do mesmo lençol ela viajaria na direção da bola de beisebol por causa da curva.  

                                                                                                           Mil e um beijos!   

sexta-feira, 4 de maio de 2012


Você já sabia: Porque o céu é azul? 


Muitas vezes quando criança mim questionei sobre o motivo da cor azul do céu e porque simplesmente não era roxo ou rosa, quem sabe verde? Por muito tempo não cheguei á conclusão alguma. Ate que um dia na escola mim explicaram. E hoje quando estava pensando sobre o que escrever mim lembrei deste questionamento que mim intrigou por anos e resolvi tirar quem sabe a pulga de atrás da orelha de vocês leitores.     
A resposta para essa pergunta pode ser dada a partir de um fenômeno físico que ocorre na atmosfera, chamado de Espalhamento de Rayleigh. Sabemos que a radiação solar que aquece a Terra é uma luz, e essa luz é extremamente brilhosa e branca, no entanto é composta por várias outras cores, e cada uma com um comprimento de onda específico. Quando a luz entra na atmosfera ela atinge os átomos de nitrogênio, oxigênio e outras partículas que compõem a atmosfera, dando origem ao fenômeno do espalhamento.

Como já citei, a luz é uma onda que possui vários comprimentos. E o fenômeno físico do espalhamento,diz que a luz solar é espalhada em várias direções e com várias cores, cada uma com um comprimento de onda específico, no entanto, a onda que possui o comprimento da cor azul é bem mais definida e eficiente do que as outras. Por esse motivo é que vemos o Sol como um disco brilhante e o restante do céu todo azul, como conseqüência do efeito que a luz provoca sobre os átomos que compõem o ar, a qual faz com que a luz seja espalhada em vários comprimentos de onda, dos quais somente percebemos a cor azul.

O mesmo ocorre pela tarde, quando passamos a ver o céu com um leve toque de vermelho ou laranja, que se deve ao fato de a luz percorrer um caminho maior para chegar até nossos olhos. 
Então, tirei a pulga de trás da orelha de vocês?      

                                                                                                                                           Mil e um beijos! 

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Um pouquinho de "Corrida Espacial" para vocês

Assistam, vale a pena aprender um pouco mais !



Fonte : Youtube

Os radares de transito e sua disseminação nas autovias brasileiras.

O que é um radar?
 O radar é um dispositivo que imite pulsos eletromagnéticos intermitentes por longas distâncias, e quando há algum objeto que reflita o pulso, a antena capta a resposta e consegue calcular imediatamente a distância em que estão os objetos.


                                         

Agora que você conhece o que é um radar de transito podemos aprofundar um pouco mais o assunto. Os radares são divididos de duas formas :fixos e móveis, sendo que cada um deles possui suas particularidades. Os mais comuns nas cidades brasileiras são os fixos, também conhecidos como “pardais”.


Os redares fixos:
 Pela a lei é obrigatório que tenha na estrada indicando que tem sensores na estrada para não pear  o motorista no susto .

Câmeras de captura:

As câmeras ficam ligadas o tempo todo, mas não armazena todas as informações . Quando um carro passa com alta velocidade a câmera paralisa a imagem e envia os pulsos até os computadores de medição, ai então que entra em cena os profissionais que realizam os cálculos e indicam as letras e números do automóvel. 

                                               


Computadores:
Os computadores são responsável por medir a velocidade dos automóveis se estiver dentro do permitido nada acontece,mas se estiver com excesso de velocidade a imagem é capturada e redirecionada para a central.

Sensores magnéticos:
Eles estão identificados no chão e são responsáveis por  enviar os pulsos até os computadores de medição, em que serão realizados os cálculos que indicam em quais velocidades os motoristas passam pela via.

                              


Radares móvel :

Esses radares são como aqueles utilizados pelos militares em busca de inimigo. Sempre acompanhado por um departamento responsável pela rodovia e funciona da seguinte maneira:
As “armas de radar” (aquelas que são empunhadas pelos policiais) emitem sinais de rádio para os carros. O tempo entre uma emissão e outra é constante, mas os reflexos não oferecem a mesma constância (a menos que o veículo esteja parado).

                 

Com isso , esses radares conseguem realizar os cálculos e fornecer a velocidade ao policial.Caso tenha ocorrido excesso de velocidade o motorista é multado na hora.
Esses são os tipos de radares que são usados no brasil.
Gostou e entendeu como funciona os radares? então deixe um comentário abaixo.

Fontes : http://www.tecmundo.com.br/infografico/10350-como-funcionam-os-radares-de-transito-infografico-.htm 





quarta-feira, 2 de maio de 2012

O que é freios ABS? Qual a sua vantagem em relação ao normal?

Os freios ABS são como um sinal de segurança a mais,pois ele é um sistema de freiagem que evita a roda de bloquiar e derapar,deixando o automovel sem aderencia a pista.Assim aproveita-se mais o atrito estático,que é maior que o cinético evitando assim os assidentes.
                      

Ao contario dos freios normais que em caso de acidentes uma freagem brusca faz com que o carro derrape na pista , os freios ABS simula o comportamento de um motorista experiente: pára aos poucos. Assim, as rodas não travam, aumentando a eficiência da direção.

                                                                      
Os compomentes prencipais dos freios ABS são:

  • sensores de velocidade
  • bomba
  • válvulas
  • unidade controladora    
                         

FONTES:   Wikipédia
                    Uol
                    Mundo Estranho